O artigo “Marketing de Relacionamento 2.0“, de Pedro Cordier, está na primeira página entre os melhores do conceituadíssimo site de criação e tecnologia na web OUTROLADO (do grupo Webinsider).

Confiram o “Print screen” do site (cliquem na imagem para ampliar):

marketing-de-relacionamento-2-0-artigo-de-pedro-cordier-entre-os-melhores-do-site-outrolado

"Marketing de Relacionamento 2.0" - artigo escrito por Pedro Cordier - entre os melhores do site Outrolado!!

Leia o artigo Marketing de Relacionamento 2.0.

Anúncios

Com o auditório 2 completamente tomado, tive a imensa satisfação de apresentar a palestra “MARKETING DE RELACIONAMENTO 2.0” na UNIME.

A recepção foi bastante calorosa e a participação do público presente, contagiante!!

Agradeço à instituição pelo convite e à Empresa Júnior da UNIME pelo empenho na organização do evento.

Para ter acesso à apresentação, acesse: Marketing de Relacionamento 2.0
pedro-cordier-marketing-de-relacionamento-2-0

Pedro Cordier na palestra MARKETING DE RELACIONAMENTO 2.0: "A internet está mudando e derrubando paradigmas. O consumidor virou "prosumer" e agora também é 2.0. Como gerenciar essa nova realidade para captação de clientes?"

pedro-cordier-especialista-comunicacao-digital-criatividade-e-conectividade

Pedro Cordier - especialista em comunicação digital, criatividade e conectividade.

“Quando participamos da internet com um download , fazemos girar esse maravilhoso mundo digital.

Mas, É IMPORTANTÍSSIMO FAZERMOS UPLOAD! Desta forma, contribuiremos, ativamente, para uma internet cada dia melhor, mais rica e mais livre!

Defensor e militante do modus operandi CONSCIENT SHARING – em bom português: COMPARTILHAMENTO CONSCIENTE – estou disponibilizando os slides utilizados nas 04 oficinas do Ciclo Comunicação Digital e Mobilidade, que ministrei durante os dias 23 e 24 de abril de 2010.

Agradecemos aos autores das ilustrações , vídeos , textos e fotos de todos os BLOGs e sites pesquisados para a realização deste trabalho!

Esperamos que as idéias e o conteúdo criado por mim, bem como as informações compiladas, contestadas ou reescritas nos slides das oficinas possam ser lidas, utilizadas, repassadas e até transformadas em algo ainda maior e mais completo… e assim, sucessivamente…”

Pedro Cordier

Clique no LINK para acessar os slidesPEDRO CORDIER NO SLIDE SHARE

Publicado por: Pedro Cordier | 26/04/2010

O Ciclo Comunicação Digital e Mobilidade foi um sucesso!

Antes de qualquer coisa, quero registrar meus sinceros agradecimentos a Thiago Ribeiro, pelo convite para conceituar, pesquisar, criar, editar, finalizar e – UFA!! – ministrar o Ciclo Comunicação Digital e Mobilidade!

Desde o início percebi que a Trespontos – Rede de Socialização do Conhecimento – não seria “mais uma empresa que oferecia cursos“.

Sua proposta inovadora, que combina a utilização de redes sociais, ensino presencial, facilitadores escolhidos pela atuação no mercado de trabalho e programas de incentivo, tinha absolutamente tudo a ver com meu perfil e, apesar da imensa responsabilidade em apresentar a Trespontos ao mercado baiano, não hesitei em aceitar mais esse desafio na minha carreira!

E, graças a Deus – que ajuda quem trabalha sério e comprometido – o resultado foi extremamente gratificante!

Tivemos a presença de profissionais de diversas agências de publicidade baiana (entre elas a Única, a Morya e a Idéia 3), de estudantes, professores, profissionais de diversas áreas, assessores de políticos, blogueiros de peso (entre eles o pessoal do Papo de Boteco e do Popline)…

Aliás, o alto nível e o alto astral dos participantes foi de fundamental importância para o sucesso do primeiro ciclo oferecido pela Trespontos!

Quero agradecer também a presença de meus convidados Adhemar Fontes, da IPQ Tecnologia, na Oficina III, sobre Mobilidade e de Domício Neto, da IWS – Intelligent Web Solutions, na Oficina sobre Marketing de busca, falando sobre SEO.

O Ciclo Comunicação Digital e Mobilidade teve 16 horas de duração, dividido em 4 oficinas de 4 horas cada:

Oficina I: Internet e o Marketing 2.0 – O que muda na prática? ministrada por Pedro Cordier;

Oficina II: Redes Sociais – Gestão de imagem e Reputação Onlineministrada por Pedro Cordier;

Oficina III: Publicidade sem fio e aplicativos mobile ministrada por Pedro Cordier com a participação de Adhemar Fontes;

Oficina IV: Marketing de Busca: estratégias para alavancar (e deixar) sua marca visível na internet ministrada por Pedro Cordier com a participação de Domício Neto.

Algumas fotos:

Publicado por: Pedro Cordier | 17/04/2010

O verdadeiro “e-mail” marketing

Foi-se o tempo em que escrever um e-mail significava somente digitar texto!

Gmail, da grife Google, nos traz uma gama de soluções, no mínimo, sensacionais!
comunicação digital
Pra começar, o Gmail tem limite “flexível” (o meu por exemplo, começou com 1GB e já tem 7,5 Gigabytes), velocidade de inicialização, nos procedimentos e de upload de anexos, conexão com outros produtos do Google, é compatível com APIs, extensões e muito mais!
Gmail
Uma das novidades, é a possibilidade de inserir imagens! o como anexo, mas inseridos no corpo do texto do e-mail!
Gmail
Gmail
Podemos também customizar as fontes (letras) através de diferentes opções de tipostamanhoscores e estilos!
Gmail
Isso sem contar com o precioso uso dos links (que estão em vermelho nesse texto), que servem, entre outras possibilidades, para mostra informações relevantes e que possam complementar e enriquecer o assunto abordado no e-mail.
Gmail
Ah! lembrando que o link pode ser acompanhado da caixinha de texto que descreve e reforça o conteúdo do link que vai ser exibido ao ser clicado!
GOOGLE
Outras 2 super ferramentas: tradução para dezenas de idiomas e pesquisa no Google SEM SAIR DO GMAIL!! É ou não é O MELHOR provedor de e-mail que existe?? :)))
Marketing de Relacionamento 2.0
Se o e-mail for bem escrito e ainda por cima tiver um conteúdo relevante, conseguiremos atingir o objetivo que determinou a sua criação com muito mais facilidade por causa do BOM uso dessas ferramentas!
Comunicação Digital
Na hora de redigir seu próximo e-mail, seja ele uma cartinha pro seu amor, um orçamento de negócios, um lembrete para um amigo ou parte de uma campanha de relacionamento com o cliente, lembre-se disso ;)))
Pedro Cordier
Publicado por: Pedro Cordier | 15/04/2010

Marketing de Relacionamento 2.0

Apesar de conseguirmos pinçar alguns exemplos de marketing de relacionamento 2.0, a maioria esmagadora das empresas ainda estão utilizando as ferramentas de conectividade (redes rociais, blogs, fóruns, wikis, enfim, todo o mix do marketing digital) de uma maneira equivocada.

O que estamos percebendo é uma enxurrada de “velhas ações, utlizando novas mídias“: sorteios no twitter buscando o puro e simples aumento de seguidores, criação de comunidades sem qualquer tipo de finalidade e engajamento, blogs que só fazem “vender” produtos…

Independente do marketing “2pontoalgumacoisa“, o que falta para as empresas é estabelecer um relacionamento verdadeiro com o consumidor (ou, PROSUMER, como previu o visionário Alvin Tofler).

Campanhas publicitárias são importantes? Com certeza! Desde que a marca possa cumprir as promessas que faz para consumidor através da mídia, concentrando seus esforços na melhoria dos produtos e serviços existentes e no desenvolvimento de novos produtos e serviços de qualidade!

As empresas, seus profissionais de marketing e suas respectivas agências precisam urgentemente entender que, com a revolução digital, NÃO DÁ MAIS PARA TAPAR O SOL COM A PENEIRA!!

Ainda que a empresa tente ocultar suas fragilidades, o consumidor conectado utiliza os BLOGS, as Redes Sociais e várias outras ferramentas para denunciar experiências ruins com produtos e serviços.

As dissonâncias cognitivas agora são expostas sem censura, desmascarando comerciais em horário nobre e páginas duplas de revista, escoando, ralo abaixo, milhões de reais em propaganda!

Como disse o Antonio Mafra, “o marketing poderá ter os dígitos que quiser, mas o consumidor somente irá participar, colaborar, falar positivamente sobre você e, finalmente, se engajar, ao perceber que o seu comprometimento com ele foi real“.

Ou as empresas entendem o que está acontecendo e passam a melhorar seus produtos e serviços a partir da real preocupação com o cliente ou vão ter que torrar, cada vez mais verba em mídia de massa para tentar dissimular (sem sucesso) a realidade percebida pelo consumidor.

Pedro Cordier

Publicado por: Pedro Cordier | 13/04/2010

Trespontos entrevista Pedro Cordier

“O futuro é muito promissor! Há poucos profissionais e muitas vagas!”

Professor e especialista em Comunicação, Conectividade e Criatividade, Pedro Cordier,  também editor do site: www.semprebahia.com , fala sobre as possibilidades trazidas pelo rápido avanço da tecnologia nas áreas da comunicação e mobilidade, e analisa esses impactos no mercado de trabalho.

Na entrevista concedida à nossa equipe, aborda o potencial do Brasil nesse campo e como a Bahia está se preparando para explorar ainda mais essas potencialidades.

Pedro Cordier realiza, pela Trespontos, o ciclo “Comunicação Digital e Mobilidade” nos próximos dias 23 e 24 de abril, no Condominio Empresarial Omega, que aborda temas ligados ao uso da Tecnologia para aprimorar a sua performance pessoal na internet e o desempenho das marcas na ERA da CONECTIVIDADE.

Conceitos, técnicas e ferramentas que podem fazer a diferença para a sua CARREIRA.

Trespontos: O que podemos esperar desse primeiro ciclo sobre o tema: Comunicação Digital e Mobilidade?

Pedro Cordier: Como a internet está entrando – com força total – numa fase ainda mais colaborativa, estamos diante de muitas e extraordinárias possibilidades: temos, a cada dia, mais ferramentas, profissões e mercados para explorar!
textoembranco
O objetivo do Ciclo Comunicação Digital e Mobilidade é contribuir com informações de qualidade – e de grande aplicabilidade na nossa vida pessoal e profissional – sobre essa nova realidade que nos cerca.
textoembranco
Trespontos: O Brasil já está preparado para explorar todas essas possibilidades?
textoembranco
Pedro Cordier: Apesar do aumento contínuo do número de internautas, da expansão da banda larga e do crescimento do e-commerce no Brasil – 2009 cresceu 30% e movimentou quase 11 bilhões de reais – 65% dos brasileiros ainda não têm acesso à internet. No Norte e no Nordeste, mais de 50% dos internautas só tem acesso à internet por meio das Lan houses, Infocentros…
O que esses números querem dizer? Primeiro que o Brasil tem um mercado em franca expansão! Mas também que há um enorme manancial que sequer começou a ser explorado!
textoembranco
Isso significa uma grande quantidade de oportunidades digitais nos próximos anos… que somente serão aproveitadas – é bom lembrar – para os profissionais preparados e conectados.
espaçoembranco
textoembranco
Trespontos: E na Bahia… Em que estágio estamos em relação ao uso dessas tecnologias?

Pedro Cordier:
Com o incentivo do Governo Brasileiro à informática – a “Lei do Bem” determinou a isenção da cobrança de PIS/ Cofins para computadores – o acesso à tecnologia se tornou mais abrangente.Então, quem nunca teve um computador comprou um, quem tinha trocou ou comprou um lap top e, quem já tinha total acesso, investiu ainda mais em seus equipamentos.
textoembranco
Mas, as boas notícias vão além do hardware, pois, vem aí o TecnoVia, um moderno parque tecnológico para instituições e empresas de base tecnológica nas áreas de biotecnologia, energia, Tecnologia da Informação (TI), incubadoras, centros de P&D, laboratórios e áreas compartilhadas universidades-empresas.
textoembranco
O parque funcionará numa área de um milhão de m² na avenida Paralela e dará um impulso bastante significativo em relação ao uso da tecnologia em Salvador.
textoembranco
Trespontos: Para finalizar, fale um pouco sobre o campo de trabalho nessa área… E qual é o perfil do profissional ideal para trabalhar nesse segmento?

Pedro Cordier: Em relação ao mercado, as distâncias foram, dramaticamente, encurtadas com a internet. Atualmente fica difícil delimitar fronteiras no mundo digital! Podemos estar em Salvador, em Curitiba ou em Tóquio e fazermos negócios com clientes do Canadá ou do interior de São Paulo.
textoembranco
Existe espaço para profissionais e empresas que queiram se especializar e trabalhar com webdesign, no desenvolvimento de softwares e de Interfaces de Programação de Aplicativos (APIs), ou como mediador de mídias sociais, arquiteto da informação, webwriter, designer de interface, analista de mídia online, diretor de arte e inúmeras outras profissões que sequer existiam há 2, 3 anos…
textoembranco
Podemos afirmar que o futuro é beeeem promissor! E, o que é melhor, há poucos profissionais e muitas vagas, o que facilita o ingresso de novos profissionais no mercado.
textoembranco
Isso, sem contar nos inúmeros benefícios que o domínio das possibilidades da internet (sobretudo da chamada internet 2.0) podem trazer para os profissionais de toda e qualquer área, seja ele um médico, um advogado, um psicólogo, um administrador ou um vendedor de seguros.
textoembranco
O importante é ter atitude, estar conectado e sempre disposto a conhecer e aprender, então boa sorte e um forte abraço!
textoembranco
Clique no link e veja a
ENTREVISTA NO SITE DA TRESPONTOS
Publicado por: Pedro Cordier | 08/04/2010

Palestra VI – A nova escala de Inovação

Chegou a hora de Luli @radfahrer

  • Inovação;
  • Por que tanta inovação? Exponencial é isso mesmo…
  • Á medida e que a internet conecta e interconecta, abre-se acesso a muito mais informação e, com isso, nossa cabeça para isso;
  • Maior comunicação e intercâmbio;
  • Globalização, massificação, urbanização;
  • Necessidades de expressão e meios digitais;
  • Tudo deriva de uma enorme necessidade de se expressar;
  • Hoje, todos formam opinião. Mídia de massa ainda é importante? Metade do mundo ainda está desconectado… mas, até essas pessoas chegarão lá…
  • Só que, dessas pessoas conectadas, 2/3 não utilizam caracteres romanos…
  • Não é tão fácil… o mundo ainda vai evoluir MUITO NA INTERNET;
  • Nunca houve contato mundial… e sim contatos americanos com europa e américa… como é a índia on line? Imigrantes… a china, idem… até o Brasil ainda não é assim tão brasileiro on line…
  • É muita gente para ser posta em contato!
  • Todo mundo adora os erros do Google… por quê? Porque ele acerta pra caramba e em andamento!
  • MITOS! Guerra Fria… a internet surgiu pela necessidade de conectar computadores…
  • Bolha… estourou, pois, compraram mais do que precisavam;
  • Vale do Silício… se Silício fosse importante a Líbia exportava Chip e não terrorista…
  • Na constante evolução, as tecnologias trazem uma sensação de deslocamento. Ela é sinal de mudança;
  • Ninguém eva a sério novas tecnologias até chegar a hora em que não dá mais para ignorá-las;
  • O MSN que popularizou as mensagens instantâneas… não foi o ICQ… demora mesmo!
  • 3/4 da população mundial usa celular! Muitas gerações vão pular a geração do computador e vão passar direto pro celular;
  • As fotos melhoram, simplesmente, pois, elas estão lá e são observadas;
  • 1,75 bi, 4,6 bi com celulares;
  • Flickr: 4 bi de foto;
  • O Youtube tem 60 anos de conhecimento;
  • Skype tem 450 milhões de usuários a 2ª maior do mundo;
  • Pay Pal tem mais de 150 milhões de correntistas;
  • O Facebook é o 3º maior país do mundo!
  • A nuvem é só o começo. Já não faz mais sentido separar o mundo físico do digital;
  • Hoje em dia of = on;
  • Mas web 2.0 é ruim. Como pós-moderno ou 2ª mulher;
  • A web 2.0 saiu da web! Mobilidade, widget, RIAs e aplicativos contextuais;
  • Analisar tendências não é mais uma metrosexualidade :)))
  • “Quonde” – quando e onde é o que importa!
  • O errado não é copiar!! O errado é SÓ copiar!
  • O perigo de fazer nada! Grandes expectativas; Risco de modismo…
  • Tracking – aperto um botão para saber onde estão as coisas;
  • GPS, que será morto pelo celular…
  • “Falei com alguém” – usando que canal????
  • Autismo coletivo – ajuste de comportamento;
  • Mediado por aparelhos que conectam seus usuários ao mundo;
  • O futuro de hoje pode ser uma coisa banal amanhã;
  • Eu sou aquilo que eu quero ser. O resultado do que construi!
  • Meu nome não é meu… é da família… meu AVATAR, é!!
  • Nomadismo – Trabalho cada vez mais remoto; Mundo achatado, processos equivalentes; Cidades parecidas e genéricas; As diferenças crescem.
  • Integração – Dados e interfaces modulares (administrar como no Sim City); De uma lan hous, edita-se uma wiki;
  • Ambientes – Second Life não é uma má idéia… é um mal produto;
  • Metaversos não são fuga: são meritocracia;
  • Games – De Farmville a Warcraft Gold, o dinheiro está sendo reinventado;
  • Pirataria – tem seu lado bom, pois, força os preços para um patamar justo;
  • Em especial, Shanzhai… lá clonam um Corolla!!
  • Clonar roupas é fácil, o iPhone dá trabalho, o Corolla é bacana!
  • Pornografia – De fetiche a Otaku, ela está mais forte que nunca;
  • Achatamento – As mesmas fórmulas de entretenimento aplicadas pelo mundo todo;
  • As coisas se tornam mais amigáveis e menos interessantes. Ou não!
  • Colaboração – Cada vez mais comum e popular; Doar tempo, sofá, dedicação;
  • Acessibilidade, hardware, dinheiro;
  • Design – Conteúdos complexos demais e o tempo menos disponíves (infográficos, por exemplo). Precisamos de tecnologia não lineares;
  • Histórias – The Twilight Zone (ver);
  • Valor – A omunicação tem que parar de ser espertas e começar a gerar valor; Só publicitários acreditam em interromper a experiência;
  • Média – Pare de falar em classe C!! São pouquíssimos ricos, cada vez menos pobres e muuuuita classe C;
  • Físico – Ações off line replicam o online
  • Google calendar impresso; Wikipedia impresso!
  • Tudo sera tendência e tudo será público!!
  • A nova escala da inovação está ao alcance de todos!!
  • Você não precisa se encaixar!! Criatividade não é exceção, é regra.
  • Invenção é feita por combinação, como em gastronomia;
  • Misturar!!!
  • Criatividade é baseada em conhecimento!
  • A playlist voltou a ser mais importante que o iPOD;
  • Agora é você, que pode mudar!
Publicado por: Pedro Cordier | 08/04/2010

Palestra V: Painel Cyber Punk

Com vocês, Gil Giardelli:

  • Conexão;
  • A pandemia na rede social e a experiência da vida real;
  • Você é o que você compartilha;
  • O Brasil pulou o Séc XX e foi pro Séc. XXI – O Brasi decolou!!
  • Vivemos nosso melhor momento para mandar o chefe…
  • Ano passado, o Brasil vendeu 1 computador a cada 3s;
  • índios on line;
  • Em 5 anos, teremos que educar 15 milhões de pessoas;
  • Estamos criando uma nova humanidade!
  • Existem 1 trilhão de aparelhos conectados;
  • O iPAD vai nos fazer pagar por aquilo que vc não pagava!
  • Graffiti a laser;
  • Um dia seremos avatares;
  • Multiverse.net (Coca, Mac);
  • 1943 – 5 computadores;
  • Empresas bonsai;
  • Era da democracia imdustrial;
  • O mundo tá em beta;
  • Ciberativistas;
  • Veia social;
  • KitKat;
  • O mkt que conhecemos foi feito na Era dos Nazistas;
  • Vida artificial;
  • Ou vc é parte do solução ou do problema;
  • 1% produzem; 4% replicam;
  • Seis graus da separação e 3 graus de influência;
  • Redes sociais é a arte da descentralização;
  • Confiança, reciprocidade;
  • O espírito pioneiro se renova;
  • Somos semi-nômades;
  • Smples, convenientes, baratos, customizáveis;
  • Cyberspaço: velhos de 20 anos;
  • Roboto;
  • Addict-o-matic;
  • Instructables.com;
  • Inovações se encontram em todo lugar;
  • Ser novo ou velho não tem idade – Rainha da Inglaterra criou You tube;
  • Fim da intermediação;
  • 75% são analfabetos digitais (Brasil);
  • Fazedores de Rede;
  • Eleições na Moldóvia reuniu 200 mil pessoas por twitter e facebook;
  • Mocha;
  • Software da sabedoria das multidões;
  • A internet nos deu tempo, espaço, autonomia;
  • Barreiras diferente conectividade;
  • Socidade imediatista, pois 1 milhão seguem técnico e poucos seguem o fora sarney;
  • Felicidade = economia;
  • Felicidade Interna Bruta;
  • A doença da década é a depressão;
  • Green tech;
  • Pegada digital tecnológica;
  • Segunda sem carne;
  • Disruptura da inovação;
  • Conhecimento e produção de massa;
  • Códigos fechados;
  • Potencialistas;
  • Mais de uma careira, várias profissões;
  • Vamos viver mais;
  • Mas, queremos mais satisfação;
  • Economia da informação;
  • Sejamos honestos;
  • 32% da economia americana tá baseada na economia bélica;
  • Algo novo? Novo poder, novas formas de aprender, de empreender;
  • Bem-vindos à humanidade 5.0.
Publicado por: Pedro Cordier | 08/04/2010

Palestra IV: Startup – De empregado a empregador

Sigaê os conselhos do Vinícius Teles!!

  • Be on the Net;
  • 1995: “Empresa Júnior UFRJ: o líder é sempre o culpado”;
  • 1998: Inglaterra – Primeiro mochilão;
  • 1999: eDoc;
  • 1999: Mestrado ou Mercado?
  • 1999: Citibank ou Medidata?
  • 1999: Medidata, Internet, Pré-venda;
  • 2000: Silicon Valley – autoestima;
  • 2000: Stanford, Ecosistema;
  • 2000: Catastrophic failures;
  • 2000: KPMG, Aumento;
  • 2000: Carro? Apartamento? Reserva financeira;
  • 2000: Fluxo de caixa;
  • 2000: Emprego viabilizaria a empresa;
  • 2001: Segundo mochilão;
  • 2001: Estouro da bolha;
  • 2001: Demissão;
  • 2001: Improve it – junto com mais dois amigos;
  • 2001: Reserva viabilizou
  • 2001: Produto ou serviço?
  • 2001: Bate-papos, Cabelos brancos
  • 2002: Mestrado;
  • 2002: #epicfailure;
  • 2002: xp – extreaming programing;
  • 2002: Queimei um ano de reservas;
  • 2002: almoço com amigos
  • 2002: Projeto Vale – QI
  • 2002: XP Brasil XP Rio, Palestras de XP;
  • 2003: Casamento;
  • 2003: Wiki, Dário do Projeto;
  • 2003: Convite Novatec, Livro XP;
  • 2003: Retrospectivas, Jogo de Comunicação;
  • 2003: Palestras XP, Todo o Brasil (reserva);
  • 2004: Vacas magras;
  • 2004: Fim da sociedade;
  • 2004: Improve it quase fecha;
  • 2004: “Só sua temosia justifica…”
  • 2004: Todos demitidos;
  • 2004: Pequenos Projetos (reserva);
  • 2005: Paggo
  • 2005: Recapitalização;
  • 2005: Esposa vira fotógrafa (reserva);
  • 2006: Carro (finalmente);
  • 2006: Rails;
  • 2006: Clientes passam a usar Rails;
  • 2007: Desencanto com consultoria;
  • 2007: Escabilidade do negócio;
  • 2007: Serviços – baldes; Produtos – encanamento;
  • 2007: Tecnologia avança rápido, mentalidade não;
  • 2007: The last gig;
  • 2007: Steve obs;
  • 2007: Formatura Stanford;
  • 2007: Demissão da Apple; Criação da Pixar, Toy Story; Criação da Next;
  • 2007: Pedi “demissão” (reserva)
  • 2007: Pedir demissão = abrir mão de grana;
  • 2007: Lucidus (2 anos);
  • 2008: Trabalho de casa (trânsito não);
  • 2008: Site para fotógrafa (1 mês e meio);
  • 2008: Escopo super reduzido;
  • 2008: Plano de negócio? Ou feedback real?
  • 2008: Incubação (feedback)
  • 2008: Investimento mínimo em infra;
  • 2008: 2008: SEED3 empurrão final;
  • 2008: Site fotografia Top no Google;
  • 2008: Negócio da esposa bomba;
  • 2008: Esposa clabora com reserva;
  • 2008: Generalização;
  • 2008: Be on the net;
  • 2008: Lançamento com baixo investimento;
  • 2008: Definição do preço;
  • 2008: Quem compra é quem usa;
  • 2009: Resultado do também quero;
  • 2009: Conversas com cliente por telefone;
  • 2009: Problemas com templates;
  • 2009: Problemas com operacional (1º semestre);
  • 2009: Devedor tem site suspenso;
  • 2009: Screencasts (suporte);
  • 2009: E-mails prontos (suporte);
  • 2009: Marketing e vendas (2º semestre);
  • Fico muito frustrado quando vejo pessoas reclamando do que faz… não percam seu tempo!!
  • Tenham paciência e persistência!!
  • Se assiste TV, tem tempo!!! Não tem nada de útil ali!!!

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias

%d blogueiros gostam disto: