Publicado por: Pedro Cordier | 09/02/2009

[POESIA] Momentos Eternos em si…

Sua companhia me faz sentir bem
Me faz sentir além

Suas nuances aumentam
a percepção
do que vejo

Alimentam
o meu
desejo

No seu eu
eu me fito
recolho o meu grito

Nós seremos assim
Eternos

Até que
(um dia)
Desejemos o fim

Anúncios

Responses

  1. Poxa, eu iria até comentar a poesia, mas me senti invadindo a privacidade do casal, risos…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: